Porque a vida precisa de uma conexão.

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

E aí? Onde fica o seu saco?

Sacolas de plástico... ora bolas!!! Sempre pensei nas garrafas de plásticos, nas latas, nas baterias e pilhas.... ahhh, mas as sacolas de plásticos, esses sim estão cada vez no "auge" da sujeira!

Sei lá, mas tenho a imprensão de que cada vez mais se falam sobre elas mais e mais as pessoas as consomem. Últimamente estou me sentindo mal quando vou ao supermecado, tanto ao ver sacolas que terei que levar para casa quantos as que ficam lá no balcão e ainda pensar qual será o destino dessa sacola depois de chegar em casa. Em casa, eu guardo essas branquinhas, amarelinhas, verdinhas... num cantinho da cozinha... mas não me sinto bem, e então? Que destino elas terão depois? Lógico, ser usada para outros fins, tais famosos sacos de lixo, embrulhos para outras coisas que você não usa ou até mesmo usa, mas ensacolando ajuda a conservar. Conservar? Conservar seu objeto pessoal!

Mas o nosso "objeto" pessoal, que claro já estamos manipulando a muito tempo está aí, poluído e vi que muitas mídias dizem ser problemas de divergências ambientais, culturais e políticas para a eliminação dessa sacola de plástico.

Bem, na Irlanda, as sacolas já são cobradas taxas quando são usadas, isso desde 2002. Em São Francisco, nos Estados Unidos elas já foram banidas... lá então você fica meio envergonhado quando se usa sacola. Em Nova York, por exemplo, sacolas de pano, saco e caixas de papel já são famosos e tanto que já vem com uma frase simples mas comprometedora: "I'm NOT a plastic bag" ( Eu NÃO sou uma sacola de plático)

No Brasil, as alternativas estão vindo de sacolas de plástico oxibiodegradáveis que apresenta um auditivo químico que acelera a decomposição. Ao invés de demorar 300 anos para sumir elas demorarão apenas 3 anos. No Rio Grande do Sul, Paraná e Rio de Janeiro já apresenta leis estaduais para substituir e usar as oxibio. Os outros estados ainda não sei sobre esse assunto... Em Minas, em uma cidade do interior, onde eu moro, podemos ver só uma pequena parte da encosta do rio que corta a cidade:


Uma vergonha! Tive que tirar fotos! Nem visual se tem mais da minha varanda, pássaros, capivaras e lontras que frequentavam, nem os vejo mais... será por que?

Muitas pessoas falam e falam eu já sinto na pele, porque não basta eu ficar falando também... não adianta, tenho que mostrar o que meus olhos vêem e mostrar também minha atitude perante a sociedade. Não vou mudar muita coisa em relação as leis, mas mudarei quem sabe, a visão das pessoas quando aparecer em um supermecado com minha sacola de pano, ou mochila...

Você pode usar uma sacola de panos assim:



São todas lindas!
Ou se preferir um carrinho assim:
Eu sei também que tem os pós em realação as indústrias... mas isso é uma outra história...

E aí... já sabe onde fica o seu, o meu e o nosso saco?
Texto e imagem por Conexão Bio
Ilustração por Google imagens e sacolapermanente.com.br

Fonte: planetasustentavel.abril.com.br/noticia/atitude/conteudo_255967.shtml
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

Um comentário:

  1. Ok, já colocquei seu banner também lá nos "Parceiros"!. Valeu

    http://designinteligente.blogspot.com/

    Abraço

    ResponderExcluir

Nosso Twitter

Parceiros

Top Notícias

Copyright © Conexão Bio | Powered by Blogger Design by ronangelo | Blogger Template Mais Template