Porque a vida precisa de uma conexão.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

EUCALIPTOS: vilões ou heróis?

Por Aline Moura - Bióloga/ especialista em Ciências Ambientais


O título pode até parecer uma afronta frente à invasão destas espécies em nossas terras. É fato que as plantações de eucalipto vêm substituindo gradativamente as florestas nativas em todo país e não é diferente em nossa região, basta observar a paisagem durante uma viagem qualquer. Os pés parecem que brotam de um dia pro outro, num dia um cerrado denso, no outro os verdinhos compridos tomando conta do espaço. E isto é um ponto negativo, se olharmos pelo prisma da biodiversidade. As florestas nativas precisam ser preservadas, não resta dúvida.

O fato é que, seja pela substituição de florestas, ou seja por outros motivos um tanto quanto polêmicos, como por exemplo, a tão condenada propriedade de absorção de água, o eucalipto tem sido visto como um vilão malvado e perverso, comparando inclusive sua “malignidade” ao avanço da pecuária sobre matas nativas, ao impacto ambiental de áreas degradadas, até a destruição da camada de ozônio e outros agentes de destruição que tanto ouvimos falar.

O certo é que a espécie, que por incrível que pareça também é um vegetal, presta serviços ambientais importantes como qualquer outro exemplar de árvore, como a absorção de gás carbônico e a liberação de oxigênio, mas penso que os críticos mais esquentados se esquecem disto e preferem condenar o eucalipto com a pena mais alta – a de morte.

Além dos serviços básicos, tal árvore vem substituindo e muito a derrubada de árvores nativas como Ipês, Aroeiras e outras tantas nativas utilizadas indiscriminadamente há séculos para confecção de móveis, cercas e até para seu emprego em colunas das casas mais antigas, tanto que hoje, algumas dessas espécies constam em lista vermelha de extinção , portanto são protegidas por lei.

O eucalipto prestou-se para por fim na derrubada de árvores para produção de celulose, confecção de caixas, pallets, mourões e até móveis, sem falar na sua utilização como combustível para alimentação de fornos e caldeiras. Quantas árvores nativas já não serviram para estes fins?

Elevá-los a status de herói é vedar os olhos para o desmatamento de matas nativas, refúgio de espécies que ainda nem foram descobertas, substituindo o colorido heterogêneo das folhas, flores e troncos do nosso cerrado ou mata semi - decidual pelo colorido heterogêneo das notas de reais, fruto da venda dos eucaliptos.

Em contrapartida condená-los como vilões é desmerecer seus atributos e um equívoco retrógrado na época em que vivemos.

Encontrar um meio termo pode ser a solução mais viável para os conflitos travados entre a preservação e o desenvolvimento. Manter as florestas em pé convivendo com os eucaliptos parece ser razoável, exigindo moderação entre as partes: sensibilidade para aqueles que querem cultivar a espécie, para que utilizem o solo com sabedoria e tolerância para os que jogam as pedras.

Fonte: Biologia na rede
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

2 comentários:

  1. Bom Dia !
    Tenho uma plantação de 10 h de eucalipto e no meio dessa plantação tem um poço desativado que antes de plantar o eucalipto era seco ,mas depois que a plantação começou a crescer apareceu água no poço e hoje com 4 anos o poço esta com muita água, já que dizem que o eucalipto seca a água no meu caso foi ao contrario do que dizem .
    Parabéns pela matéria Aline


    ger.39@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo seu comentário! Foi muito bom saber que os eucaliptos ajudaram o ambiente entorno da plantação. Como diz no texto: "Manter as florestas em pé convivendo com os eucaliptos parece ser razoável, exigindo moderação entre as partes: sensibilidade para aqueles que querem cultivar a espécie, para que utilizem o solo com sabedoria e tolerância para os que jogam as pedras."

      Com paciência e dedicação ao meio ambiente é que manteremos um lugar melhor para viver.

      Excluir

Nosso Twitter

Parceiros

Top Notícias

Copyright © Conexão Bio | Powered by Blogger Design by ronangelo | Blogger Template Mais Template