Porque a vida precisa de uma conexão.

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Um pouco sobre os vaga-lumes

A vaga-lume fêmea pisca para avisar ao macho que ele pode se aproximar dela para o acasalamento. O pisca-pisca serve para espantar os inimigos, pois toda vez que a luz pisca, produz-se uma substância tóxica no corpo do vaga-lume. (eles são presas pouco saborosas. O sinal luminoso serve para avisar ao predador que aquela comida não é das melhores.) Também, é como uma ’linguagem’ entendida só no mundo dos vaga-lumes e dos bichos que os rodeiam.
Tudo é especial para cada bichinho na natureza. Nada é por acaso!
Um vaga-lume macho sobrevoa a vegetação espessa à procura da fêmea para o acasalamento. Enquanto voa, vai piscando num ritmo próprio de sua espécie. Lá embaixo, a fêmea da mesma espécie vagalumeia no mesmo ritmo, como que para avisar que o macho pode se aproximar.
Uma fêmea de vaga-lumes costuma colocar seus ovos no meio da mata de preferência em um pedaço apodrecido de madeira.
Os vaga-lumes são besouros de um tipo especial, pois emitem luz. Há três famílias diferentes de vaga-lumes -- os elaterídeos, os fengodídeos e os lampirídeos --, que se distinguem, entre outras coisas, pelo lugar onde ficam os órgãos luminescentes e pela freqüência e cor da luz emitida.
Fonte: ciência hoje

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

Um comentário:

  1. Oi, vi em um documentário que existe bicho que imitam os sinais dos vagalumes para atrair os machos e fazer uma refeição, talvez eles não sejam tão exigentes quanto o paladar, já que pelo q vc escreveu eles são poucos saborosos!! rs

    ResponderExcluir

Nosso Twitter

Parceiros

Top Notícias

Copyright © Conexão Bio | Powered by Blogger Design by ronangelo | Blogger Template Mais Template